Clínica de Oncologia e Hematologia - Niterói

Dias úteis : 8h as 19:30h
  Telefones : (21) 2711-3238 | (21) 2714-5593 | Fax: (21) 2710-7519

Eu venci

Amigos de causa, sou Deborah Netto e eis meu depoimento:

Em 2013 passei mal, fiz exames sérios incluindo Pet Scan, surpresa! Ouvi os piores prognósticos! “Você está com Câncer de Pulmão e já se espalhou!” Me deram no máximo 6 meses.

Vinha de 5 longos anos de perdas, de angustias e sobressaltos que com certeza me debilitaram! Perdi meu jovem pai que após parada cardíaca em meus braços ficou em coma 8 meses, em seguida minha avó (minha verdadeira mãe) câncer de mama, e minha amada sogra de um câncer raríssimo no sangue, todos muito amados, tiveram minha maior dedicação! O Câncer me tirou pessoas amadas!

Contrariei prognósticos, após cirurgia e biopsias o tal “câncer”? Era uma Tuberculose Miliar. No fim do longo tratamento, nova Tomografia acusou um tumor enorme na mama direita. Infelizmente desta vez era realmente Câncer, e acompanhava anualmente com mamografias! Como assim? Lá fui eu para mastectomia, e para elevar meu astral na véspera voei de Para Pente! Desejo antigo! Ironia número 1: A tuberculose me fez descobrir o câncer de mama!

Fui encaminhada ao Dr. Roberto Calmon, meu Dear Doc. Paixão à primeira vista! Meu marido e eu sentimos um sopro, digo um tufão de confiança e paz ao conhece-lo. A Clínica e suas instalações, o excelente astral de todos em todos os setores, tudo agradou! (incluindo o cafezinho rs)! Fui orientada de A a Z. O tipo de câncer ( “HER triplo positivo”), as quimios, a imunoterapia com Herceptin, a radio e hormonioterapia…enfim! Tantos “ias” que surtei! E SIM, o tratamento é “punk”! De rosa o câncer de mama só tem o lacinho!

Sou artista plástica, formada pela UFRJ, trabalhava duro em fundição de joias artísticas. Investia tudo nisso. Soube que jamais poderia me machucar coisa comum na atividade, embora triste, larguei! Segui o tratamento! Sofri com enjoos, cabelos longos e lisos deram lugar à carequinha, sem peito (não usava nem uso enchimentos), mais gorda! Paralelamente a todos os efeitos colaterais já conhecidos, fiquei extremamente ociosa e ansiosa. Me revoltei confesso! Coisa que não durou mais de 5 minutos. Me auto “esbofeteei”, gritei e briguei comigo! “Sua mané! Você tem coisas piores ao seu redor”. Lembrei de coisas piores tais como o Tzunami no Japão, a fome na Etiópia etc… Uma coisa é fato, existem pessoas em melhores condições, mas muito mais pessoas em piores!

Reflitamos: E se não tivéssemos tratamentos, remédios para abrandar as dores ou como no meu caso, um Marido amoroso sempre presente, como seria? O Câncer mata, e o fará bem mais rápido se não vivermos com leveza nosso dia a dia por pior que ele pareça. Morrer? Todos iremos! Quando e como? Só o tempo! Amo viver! Isso significa abraçar o pacote completo. Nada vem facilmente! Requer garra. A felicidade reside dentro de cada um. Temos que busca-la. Clichê ou não isso é real!

Ironia 2: O câncer ajudou a resgatar minha arte, sorrio mais, curto mais minha família, amigos, meu amado marido e as coisas simples. Sou mais tolerante! Trabalho incansavelmente. Canalizo tudo que sinto em minhas pinturas. Elas refletem as cores da minha alma! São o retrato da minha felicidade. Câncer? Oi? Onde? Rs!  Estou em hormonioterapia, acompanhada de 4 em 4 meses por “Meu Dear Doc”.

Encarem a vaidade ferida, o corpo muda, é apenas carne…nada mais! Foquem em suas aptidões, em seu interior. Nas coisas boas! Garanto… você continuará inteiro se assim se permitir. Lutem contra o câncer de cabeça erguida ele não é mais forte do que você!

Meu Outubro Rosa vai ser ainda mais especial, fui convidada para expor em Lisboa e na Malásia, já estou com trabalhos em diversos sites internacionais, fruto da minha dedicação e fé que tomaram o lugar do pessimismo que tentou chegar! Desejo a cura de todos! Um beijo carinhoso…

–Nettinha

 

Clique  e conheça a fanpage dos meus trabalhos ; timthumb

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *